domingo , agosto 20 2017
Home / Notícias CRFMT / CRF-MT Informa / XI Congresso Brasileiro de Farmácia Homeopática

XI Congresso Brasileiro de Farmácia Homeopática

A Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas (ABFH), com apoio do Conselho Federal de Farmácia (CFF) realiza, de 7 a 10 de setembro, o XI Congresso Brasileiro de Farmácia Homeopática, em São Paulo. O evento tem abrangência multiprofissional e reunirá farmacêuticos, médicos, dentistas, veterinários e agrônomos, em torno do tema “Diferentes Profissionais, uma só Homeopatia”.

A presidente da ABFH, Amarilys de Toledo Cesar, ressalta a importância da Homeopatia na vida das pessoas, da aceitação pelos brasileiros, e como esta terapêutica pode ser usada no tratamento e na prevenção de doenças crônicas e agudas. “A Homeopatia contribui com a saúde de pacientes humanos, de animais de pequeno e grande porte, e é cada vez mais usada também na Agricultura”.

De acordo com Amarilys, a ideia de reunir diversos profissionais tem um sentido de abrir a discussão para além da Farmácia. Serão abordadas questões farmacêuticas, mas também questões que interessam aos médicos, dentistas, veterinários e agrônomos que atuam ou utilizam a homeopatia. “Queremos saber, inclusive, no que o farmacêutico ajuda e no que ele atrapalha na atividade do médico, do dentista e do veterinário homeopata”.

O evento será realizado nas modalidades presencial e a distância, sendo que as vagas presenciais são limitadas a 200 participantes. Quem optar pela participação online poderá assistir as palestras tanto durante como depois do congresso, de acordo com a disponibilidade de cada um. Há pacotes especiais para inscrições em grupo de estudantes ou de profissionais. Serão 10 palestras e um curso internacional.

Sobre a programação

No dia 7 de setembro, feriado nacional, estão previstas duas atividades: o Fórum de Ensino em Farmácia Homeopática; e a prova de títulos para farmacêutico especialista em homeopatia. Nos dias 8 e 9, haverá a participação de diversos profissionais para discutir questões como autismo e homeopatia, apresentações como organoterápicos, entre outros.

Está prevista uma assembleia eleitoral para mudança de diretoria, um espaço para posters, com trabalhos de pesquisadores e estudantes. Será lançado o segundo Prêmio de Incentivo à Pesquisa em Farmácia Homeopática, com um valor que ajuda bastante aos pesquisadores para o pagamento de técnicos, de matéria prima, e outras despesas com um trabalho de pesquisa.

Um espaço dedicado à saúde pública contará com a participação de representante do Ministério da Saúde (MS) para falar sobre os avanços da Homeopatia em 10 anos do programa nacional de Práticas Integrativas Complementares (PICs) e porquê esta área não evoluiu tanto. Além de uma exposição de Homeopatia na saúde pública, por farmacêuticos que fornecem esses medicamentos para a rede pública de São Paulo, assim como farmacêuticos que atendem nesses serviços.

No domingo, dia 10, a programação é apenas pela manhã, até às 13 horas, quando ocorre o Encontro Nacional de Farmácia Homeopática. “Esse encontro é mais voltado para as questões particulares da farmácia homeopática. Nós elaboramos há alguns anos, numa época em que não tínhamos a farmacopeia homeopática atualizada, e que nos representava de fato, o manual de normas técnicas para a farmácia homeopática. Esse manual, paralelo a farmacopeia, já teve muita importância numa época em que ela estava inadequada, e agora está um pouco desatualizado. Então, nós trabalharemos nesta atualização, com coisas que não estão contempladas pela farmacopeia, questões mais práticas da nossa atuação”, explica Amarilys.

Mais informações e incrições: www.congressohomeopatia.com.br

 

Fonte: Comunicação do CFF
Autor: Murilo Caldas

Sobre Luiz Antônio Perlato

Luiz Antônio Perlato
Luiz Antônio Perlato (jornalista) CRF/MT - Conselho Regional de Farmácia do Estado do Mato Grosso R. 06, Quadra 11, Lote 07 - Cuiabá/MT (65) 3619-5200 / Fax (65) 3619-5202.

Além disso, verifique

Farmacêutico, leia o esclarecimento sobre a RDC 20/11

O CRF-SP com o objetivo de melhor orientar o exercício das atividades farmacêuticas no Estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *